segunda-feira, 10 de março de 2008

Prédios Velhos A.K.A Diospré


Moro aqui, em meio ao velho e ao novo, entre as pombas e os tijolos, entre bananeiras e grafites, onde é periferia, onde é centro, é perto, é longe, é lindo! É onde moro...

5 comentários:

Marcello Vitorino disse...

Bela foto, Daniel. Esse grafite está demais, com essas "legendas" todas indicando Monde, Memórias e essa figura estendendo a mão com os olhos voltados para o cacho de bananas! Realmente, essa dicotomia apontada em seu texto-depoimento está aí na imagem, montada pelo enquadramento experto e somando seu comentário à intenção do artista da parede. Gostei da conversa, meu velho!
Então, a primeira de uma série que promete sobre os prédios do IAPI e, como diria Silvio Luiz: eeeeeeesssstá valendo!

esther disse...

Muuuito legal. Parabens, Daniel.

André Perazzo disse...

Bela composição, e um PB que me lembrou os velhos tempos de escurinho e tira testes... parabens.

Vanina Flávia disse...

Daniel, além de ter adorado a foto, que texto bacana...

Flavio disse...

Muito bom Daniel!
(Gostei também de como os fiapos das pontas das bananas parecem fundir-se com as linhas que saem das mãos da personagem do grafite!)
É diferente fotografar (assim como em qualquer meio de expressão) quando o que queremos dizer ou mostrar surge de uma necessidade interna, como é o seu caso com essa série!
É isso aí, e manda ver!