sábado, 5 de setembro de 2009

Aos Mestres / Tanabata Matsuri - Bairro da Liberdade/SP 2001

Que nada seja mudado
Mas tudo seja diferente.

Prefira o que a intuição sussurra em seu ouvido
ao que você já fez e refez
dez vezes na cabeça.

Seja tão ignorante do que vai apanhar
quanto o pescador, de sua vara de pescar,
o peixe que surge do nada

Torne visível aquilo que, sem você,
talvez nunca chegasse a ser visto

Seja o primeiro a ver o que você vê quando está vendo.

Tenha olhos de pintor. O pintor cria ao olhar.

( DZIGA VERTOV )

2 comentários:

agapitos disse...

Je peux dir que sont tres jolie
Very fine blog and photos
Agapitos from Greece
http://aeromodelling-agapitos.blogspot

Marcello Vitorino disse...

Caramba, Wilson, um post-homenagem e tanto! Fiquei curioso para saber mais sobre Tanabata Matsuri...
Dziga Vertov, para mim, é fantástico. Um homem Com Uma Câmera é apaixonante, divertido e emblemático. Sinto ser a única referência a que tive acesso e oportunidade de ver e rever, pois sei que em função do seu engajamento com a revolução russa, sua filmografia é bem maior. Mas, enfim, beleza de resgate esse post...